terça-feira, 17 de setembro de 2019
12/04/2019

Seguranças de Dilma são os funcionários do Executivo que mais custaram em 2019


Dois agentes de segurança da Presidência da República que atendem a ex-presidente Dilma Rousseff foram os funcionários do PoderExecutivo com maiores gastos individuais em viagens a serviço nos 100 primeiros dias de 2019. Ao custo de R$ 166,9 mil para os cofres públicos, os servidores a acompanharam em viagens pelo Brasil, na Espanha e nos Estados Unidos. Foram 101 diárias e 14 passagens aéreas.

Desde junho de 1994, um decreto instituiu o direito de ex-presidentes manterem quatro funcionários e dois veículos oficiais para segurança, custeados pela União. Na função de proteger a ex-presidente, Leandro Augusto Anderson e Jaiton Cardoso dos Santos viajaram com ela a oito destinos, como Nova York (EUA) e Sevilha (Espanha). A assessoria de Dilma Rousseff disse que "ela viajou para fora do país a convite de entidades e organizações internacionais".

Atualmente o Brasil tem seis ex-presidentes vivos (Itamar Franco morreu em 2011) . Destes, apenas Lula não usufrui dos seguranças e carros oficiais, já que está preso em Curitiba condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.  O serviço, portanto, é prestado a José Sarney, Fernando Collor, Fernando Henrique Cardoso, Dilma Rousseff e Michel Temer.

 

Ultimo Segundo

portalpatos