sábado, 16 de novembro de 2019
02/07/2019

Produtores campinenses revelam segredo para fazer uma boa pamonha


No mês de junho é comum que a produção das comidas de milho seja elevada, pois a procura costuma ser maior. Para realizar uma boa pamonha e canjica, os produtores do Rei da Pamonha afirmaram que é preciso ter o milho bem selecionado e muito amor.

Antônio, do Rei da Pamonha, destacou que na época do São João é preciso multiplicar o trabalho para atender à procura das pessoas que vêm de fora e as pessoas que já moram em Campina Grande.

– Eu começo às 3h para tirar cabelo, cortar e depois peneirar e fazer as pamonhas. Faz 25 anos e eu já vou inteirar 76 anos no dia 21 de agosto trabalhando dez horas por dia – disse.

Segundo Agnaldo Pereira, o segredo de fazer uma boa pamonha é a pureza total do milho, trabalhando com o milho verde e colocando muito amor na produção.

– Eu começo às 6h30 ou 7h e a jornada da gente termina 21h todos os dias. Nesse período, a gente vende de 150 a 200 mãos por semana – frisou.

João Batista destacou que veio da Bahia para ajudar seus primos na produção da pamonha e da canjica.

– Saí da Bahia e agradeço porque a gente vem ajudar a família e ajudar uns aos outros – pontuou.

Para conhecer mais sobre a fabricação da pamonha e da canjica, basta entrar em contato através do telefone (83) 9 8724-8759 ou procurar a fábrica do Rei da Pamonha, no Conjunto Severino Cabral.

*As informações foram concedidas à Rádio Caturité FM

Fotos: Paraibaonline

Portalpatos

portalpatos

Estúdio e Redação

Rua Vereador Severino Fernando de Assis, 200 - Belo Horizonte | Patos - PB
Tels - 9.9831.0065 | 9.8863.5204 | 9.8105.1022
CNPJ: 19.917.902/0001-15
email: mariolocutor@gmail.com; mauriciopatos2005@gmail.com