26/9/2021
Justiça derruba decisão que autorizou professora de Santa Catarina a não se vacinar
59248

A mulher da cidade de Gaspar, em Santa Catarina, terá que ser imunizada contra a covid-19 após um decreto municipal tornar a vacinação obrigatória.

O Tribunal de Justiça de Santa Catarina derrubou a decisão liminar que permitiu que uma professora de Gaspar, cidade que fica a 120 km de Florianópolis, em Santa Catarina, não tomasse a vacina contra a Covid-19.

De acordo com informações do portal de notícias UOL, um decreto municipal tornou a comprovação da vacinação obrigatória para todos os trabalhadores da educação. Além disso, quem se recusasse sem justificativa poderia sofrer sanções.

Segundo a desembargadora Denise de Souza Luiz Francoski, é perigoso não se vacinar. Ela também ressaltou o risco de infecção e transmissão por quem ainda não se vacinou. De acordo com ela, a petição inicial preserva o direito individual à liberdade em detrimento da proteção coletiva. Ainda cabe recurso.

Portalpatos

Fonte: Isto É

Comentários


Equipe Portalpatos
mario
  • Mário Frade
  • Jornalista
  • Atualmente trabalha Unifip Rádio Universidade FM 105.1

mauricio
  • Mauricio
  • Front e Back End
  • Designer Gráfico
  • Atualmente trabalha na empresa Vice & Versa (Impressor Digital)
  • Técnico de Contabilidade
  • Técnico de Informática
  • Desenvolvedor Multi-Plataforma Android / IOS
  • Master Power BI T-SQL
  • MySQL | SQLServe | NoSQL | PostgreSQL
  • Designer Gráfico
  • Editor Gráfico