3/5/2022
Moraes dá 15 dias para PF fazer novo relatório sobre vazamento de inquérito por Bolsonaro Moraes dá 15 dias para PF fazer novo relatório sobre vazamento de inquérito por Bolsonaro
61212

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes deu um prazo de 15 dias para que a Polícia Federal (PF) elabore um “relatório minucioso” de análise dos materiais obtidos por meio da quebra de sigilo telemático no âmbito do inquérito que apura o vazamento de um inquérito sigiloso por parte de Jair Bolsonaro e do deputado Filipe Barros (PSL-PR).

O inquérito apura um suposto vazamento de documentos sigilosos sobre uma investigação que tramitava no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e na Polícia Federal desde 2018. No dia 4 de agosto de 2021, Bolsonaro divulgou os documentos sobre a suposta invasão a sistemas e bancos de dados do TSE.

De acordo com a coluna do jornalista Fausto Macedo, o jornal O Estado de S. Paulo, no despacho, feito na noite desta segunda-feira (2), Moraes ressalta que, ao concluir a investigação, a PF encaminhou o material obtido por meio das quebras de sigilo ao STF, “mas sem elaborar relatório específico da diligência”. Moraes, porém, disse que o documento é ‘essencial para a completa análise’ dos elementos de prova pela Procuradoria-Geral da República.

No relatório da PF, enviado ao STF em fevereiro deste ano, os investigadores imputaram a Jair Bolsonaro, ao ajudante de ordens presidencial Mauro Cid e ao deputado Filipe Barros o crime de violação de sigilo. Apesar disso, os pedidos de indiciamentos não foram feitos em razão do foro por prerrogativa de função do atual ocupante do Palácio do Planalto.

Portalpatos

Fonte: 247

Equipe Portalpatos
mario
  • Mário Frade
  • Jornalista

mauricio
  • Mauricio
  • Full-Stack
  • Designer Gráfico
  • Técnico de Contabilidade
  • Técnico de Informática
  • Desenvolvedor Multi-Plataforma Android / IOS
  • Master Power BI T-SQL
  • MySQL | SQLServe | NoSQL | PostgreSQL
  • Designer Gráfico
  • Editor Gráfico