terça-feira, 10 de dezembro de 2019
01/07/2019

Ex-policial assassinado em Pombal foi expulso da PM por homicídios e era considerado 'X-9', diz delegado


Geraldo Bandeira César, conhecido como cabo Bandeira, de 59 anos, acumulava inimigos e já havia sofrido uma tentativa de homicídio em abril deste ano, ainda segundo o delegado.

O ex-policial militar assassinado a tiros em Pombal, no Sertão da Paraíba, nesta segunda-feira (1º), já havia sido expulso da PM por causa de homicídios praticados e era considerado 'X-9', pelos criminosos da região, de acordo com informações repassadas ao ClickPB pelo delegado Clenaldo Queiroz. Geraldo Bandeira César, conhecido como cabo Bandeira, de 59 anos, acumulava inimigos e já havia sofrido uma tentativa de homicídio em abril deste ano, ainda segundo o delegado.

O ex-PM foi morto com pelo menos nove tiros nas costas perto do sítio onde mantinha uma criação de porcos. O crime aconteceu por volta das 5h30 de hoje. Foi próximo desse mesmo local que ele sofreu a tentativa de assassinato em abril, às margens da rodovia BR-427.

Um sobrinho da vítima relatou ao delegado que passou pelo local 10 minutos antes do crime e que tudo estava normal.

O corpo do ex-policial foi recolhido para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Patos. Um principal suspeito foi apontado, mas ele está preso. O delegado, então, cogita se ele ordenou de dentro da cadeia a prática do homicídio. A Polícia Civil segue investigando o caso.

Portalpatos

Veja vídeo do delegado...

Fonte: ClickPB

portalpatos

Estúdio e Redação

Rua Vereador Severino Fernando de Assis, 200 - Belo Horizonte | Patos - PB
Tels - 9.9831.0065 | 9.8863.5204 | 9.8105.1022
CNPJ: 19.917.902/0001-15
email: mariolocutor@gmail.com; mauriciopatos2005@gmail.com