sábado, 17 de abril de 2021
18/02/2021

Vereadores sargento Patrian e Jamerson Ferreira tem audiência com prefeito Nabor e conseguem demandas para animais abandonados


O prefeito de Patos, Nabor Wanderley, e o secretário de Saúde, Segundo Brito, se reuniram na tarde dessa quarta-feira (17), com

Os vereadores sargento Patrian (rede) e Jamerson Ferreira (PL) se reuniram na tarde dessa quarta-feira (17) com o prefeito de Patos, Nabor Wanderley (republicanos), com o secretário de Saúde, Segundo Brito, com o presidente da ONG Adota Patos, Rafael Gomes, e ainda com a voluntária Dudu Brandão, para dialogar sobre os problemas envolvendo a superpopulação de animais de rua.

De acordo com o prefeito Nabor Wanderley, a reunião foi proveitosa e importante para traçar um plano de ação conjunta, a  ser colocado em prática a partir de abril.

Nabor informou que a gestão municipal vai disponibilizar uma área da antiga escola agrícola para que a ONG Adota Patos possa funcionar numa estrutura mais adequada. Além disso, Nabor garantiu que serão disponibilizados dois médicos veterinários e todos os insumos necessários para a castração de pelo menos 100 animais por mês.

O presidente da ONG Adota Patos, Rafael Gomes, confirmou a parceria com o município, deixando claro que a gestão municipal está aberta para apoiar qualquer iniciativa envolvendo os animais de rua.

Quanto ao projeto de construção do Centro de Zoonoses, Rafael disse que a questão é um pouco mais complexa, mas garantiu que o secretário de Saúde, Segundo Brito, está empenhado na readequação do projeto e na resposta definitiva.

Segundo Brito, secretário de Saúde, acrescentou que, além da logística já mencionada, o município também disponibilizará um veículo para auxiliar no transporte dos animais que serão castrados.

Ainda sobre o projeto do Centro de Zoonoses, Segundo comentou que precisa ser reformulado, tendo em vista que neste momento a cidade de Patos não tem condições de manter um equipamento de abrangência regional.

Os vereadores Jamerson Ferreira e Patrian Júnior, que também militam em favor da causa animal, avaliaram a reunião como positiva diante das proposituras e acordos firmados, e se mostraram confiantes com as estratégias que já estão em andamento a partir dessa quarta com o presidente da ONG Adota Patos, Rafael Gomes, e ainda com a voluntária Dudu Brandão, para dialogar sobre os problemas envolvendo a superpopulação de animais de rua.

De acordo com o prefeito Nabor Wanderley, a reunião foi proveitosa e importante para traçar um plano de ação conjunta, a  ser colocado em prática a partir de abril.

Nabor informou que a gestão municipal vai disponibilizar uma área da antiga escola agrícola para que a ONG Adota Patos possa funcionar numa estrutura mais adequada. Além disso, Nabor garantiu que serão disponibilizados dois médicos veterinários e todos os insumos necessários para a castração de pelo menos 100 animais por mês.

O presidente da ONG Adota Patos, Rafael Gomes, confirmou a parceria com o município, deixando claro que a gestão municipal está aberta para apoiar qualquer iniciativa envolvendo os animais de rua.

Quanto ao projeto de construção do Centro de Zoonoses, Rafael disse que a questão é um pouco mais complexa, mas garantiu que o secretário de Saúde, Segundo Brito, está empenhado na readequação do projeto e na resposta definitiva.

Segundo Brito, secretário de Saúde, acrescentou que, além da logística já mencionada, o município também disponibilizará um veículo para auxiliar no transporte dos animais que serão castrados.

Ainda sobre o projeto do Centro de Zoonoses, Segundo comentou que precisa ser reformulado, tendo em vista que neste momento a cidade de Patos não tem condições de manter um equipamento de abrangência regional.

Os vereadores Jamerson Ferreira e Patrian Júnior, que também militam em favor da causa animal, avaliaram a reunião como positiva diante das proposituras e acordos firmados, e se mostraram confiantes com as estratégias que já estão em andamento a partir de agora.

Portalpatos

Com Coordecom

portalpatos